Tô a dois dias tentando achar um tema pra postar.
As idéias meio que fugiram, e não to afim de escrever sobre nada grudento, triste, amargo.
Aliás sempre digo que não vou escrever nada assim, e me contradigo, com algum texto pseudo-emo, cheio de palavras sombrias e com duplo sentido.
Chega dessa droga. Nem me reconheço as vezes. Ta certo que minha natureza destrutiva (em alguns casos) me levam a sofrer demais e fazer um baita drama. Que ridiculo, e pior que me dou conta da situação.
Enfim, como não tinha um tema, ando numa crise criativa, (jura né, té parece escritora) vamos as lengas da minha nadamolevida.

Semana cheia de curiosidades, uma enxurrada de pianos( acho que ja falei nisso exaustivamente) mas é que foi uma situação surreal, 5 pianos em uma semana chegando aqui no meu trabalho, teve um dia que quase surtei! Mas no fim tudo certo, só que quase to pedindo licença pra eles, da nada.
Dois dias no mesmo buteco com companhias diferentes, mas não menos importantes, todas muito legais no seu contexto.
Uma coisa muito loca, (e eu quase não gosto do que é loco) que surgiu no findi maravilhoso que passei na casa de uma amiga igualmente maravilhosa, alias findi que merecia um post especial até.
Só diversão! Rever amigos é mesmo tudibom! O ruim é a hora de ir embora, da um aperto no peito...
Vinho, pizza, carreteiro na noite, passeios na madruga, com direito a corrida pra chegar em casa.
E o mais inusitado, acordadas até as 6h30 da manha... fazendo o que? bom quem tava la sabe!
E desse findi uma descoberta muito legal, que to adorando....
E a vida ta caminhando, mais calma...eu mais calma.
E o resto a gente leva...ainda bem né???

 
 
 
 

Postar um comentário 0 comentários:

Postar um comentário