Fugindo de pessoas perigosamente normais, porque ser normal, definitivamente não está no meu script.
Prefiro ser como um filme forte do Quentin Tarantino, a um complicado do Woody Allen, cinematográficamente falando.
Findi chegando.

 
 
 
 

Postar um comentário 0 comentários:

Postar um comentário