Aquele tão familiar vácuo nas postagens.
A calmaria faz isso, como disse um amigo meu, "Ostra feliz, não produz pérolas".
Preciso mesmo daquela dose de carga emocional para escrever algo, e hoje estou mais inspirada, talvez pelo fato de várias coisas terem acontecido nos ultimos dias.
Tenho prestado atenção em determinadas situações que me tem sido apresentadas, todas muito inusitadas, e eu que tento sempre entender tudo, chego à algumas conclusões.
Uma delas, e vou citar meu querido Edson Marques (novamente), usando uma frase que ele postou no seu blog hoje, "O tempo que temos aqui na Terra é sempre muito curto para que o percamos com outras coisas além de nós."
É, sábia frase.
Porque perdemos muito tempo nos importando, sofrendo, pensando, chorando, gastando um sem fim de energia, com pessoas e coisas que "realmente" não valem a pena.
É um pouco egoísta? Pode ser, mas as vezes devemos ser assim, para o bem de nossa sanidade emocional.
Nada é mais importante que nosso bem estar e nossa vida, devemos sim, ser egoístas nesse ponto.
Ja escrevi muita coisa sobre esse tema, ele é vasto.
E com certeza sempre vou ter algo a falar sobre isso.
Mas hoje, não quero pensar em nada que não seja EU, a vida é mesmo muito curta para desperdiçar com o que não vale a pena.

 
 
 
 

Postar um comentário 3 comentários:

edson marques disse...

Belíssimo o teu texto!

E obrigado pelos comentários deixados no blog Mude.


Abraços, flores, estrelas..

9 de outubro de 2008 07:36

Layla Lauar disse...

ah... mas seja curta ou longa a vida, o que mais me apetece é pensar nele...

adorei o texto...

beijos querida, que seja ótima a sua noite.

9 de outubro de 2008 20:19

Ciça disse...

Olá!!!

Adorei o texto. E concordo plenamente contigo. Devemos sim sermos egoístas se o assunto é nossa auto-estima. Gostar de si mesmo não significa não gostar dos outros...

Ótimo fim de semana pra vc!!!

Bjo

9 de outubro de 2008 21:10

Postar um comentário