Não gosto de ter preconceitos a respeito de nada, mas tem certas coisas que realmente não se misturam, meninos são meninos, e homens são homens, isso é um fato.

Claro, tudo tem uma excessão, correto, mas não adianta, a maturidade só vem mesmo com o tempo, e a idade.

Bom, alguns podem dizer agora, que as vezes nem com a idade, e muito menos com o tempo.

Mas cá entre nós, que ajuda, ajuda.

Virou febre entre as mulheres "maduras" sairem com guris mais novos, as atrizes adoram, nas novelas é algo totalmente normal, esses dias zapeando pela net, li um comentário de uma das atrizes do seriado Sex and the city, agora não lembro o nome dela, que namora um "baby" de 23 anos, (ela tem 50) dizia ela que basta ter carteira de motorista, que ela ta pegando. (sendo que nos EUA pode se tirar habilitação com 16 anos)

Não sei o que acontece com as mulheres, mas eu definitivamente não consigo me adaptar, tenho 33 anos, e na maioria das vezes que me aventurei pela faixa etária dos 20 e poucos do sexo masculino, depois dos 30 claro, não me dei muito bem.

Falta alguma coisa sabe, a conversa morre em determinados pontos, claro, tem o fator sexo, que lógico, tem muitas vantagens, algumas diriam que milhões, mas por favor né, se é só isso que conta, então sou um E.T no mundo feminino.

Não vou generalizar, repito sempre isso, mas nada supera a meu ver, alguém que goste das mesmas coisas que você, que converse as mesmas coisas, que recorde as mesmas coisas.

Puts, ja pensou, você falando sobre as músicas que gosta, e o baby só lembrar de Xuxa pra cá, mas também, quando o Depeche Mode tava fazendo shows por ai, e você tava dançando "Enjoy the Silence" nas festinhas, ele tava nascendo. O que você queria !

Não querendo ser chata, ou preconceituosa, mas gosto da experiência adquirida com o tempo, das conversas com conteúdo, de não ter que explicar que The Cure é uma banda, não o nome de algum filme do M. Night, de ter que esperar acabar o jogo no Playstation para sair e comer Bic Mac (tudo bem, também adoro Mac Donald's), e ainda ter que ouvir que sushi é comida de fresco, e comer peixe cru é o fim.
É, definitivamente não é pra mim.
Uma salva de palmas para as mulheres que adotam seus meninos!!
Isso inclusive foi tema de muitos filmes, quem não lembra do clássico "A primeira noite de um homem" com um Dustin Hoffman novinho, no dilema de sua primeira noite de amor com uma mulher bem mais velha, a belissima Mrs. Robinson, que vinha ser a mulher do melhor amigo de seu pai.
(Viu, só com mais de 30, no minimo, para lembrar desse filme)
Existem muitas fantasias a esse respeito, confesso que ja tive as minhas, algumas realizei, outras prefiro deixar no campo da imaginação.
Enfim, cada um com seu gosto, o que importa é o desejo e o amor, se eles existem, é deixar rolar e curtir, todos tem seus encantos, e os que passaram na minha vida, tem seu lugar guardado, comcerteza.
Não me prendo a regras, os "babys" que me desculpem, mas ainda prefiro os mais maduros, sem sombra de dúvida, sou um pouco antiquada nesse aspecto, gosto da sedução, do controle, e da proteção.
E ter que esperar o desenho dos Simpsons acabar, e aí sim, rolar aquela noite de amor, não né... não dá.

 
 
 
 

Postar um comentário 4 comentários:

edson marques disse...

Obrigado por "preferir-nos"!

Embora eu pense como você, em certos aspectos, considero que a idade (no referente às minhas ecolhas) não é um fator limitador.

Consigo ver encanto em mulheres de qualquer idade!


Abraços, flores, estrelas..

16 de outubro de 2008 22:13

Layla Lauar disse...

então eu devo ser mais E.T. ainda do que você no universo feminino, porque gosto de homens bem mais velhos do que eu... me casei aos 20anos com um homem de 42 anos e agora estou apaixpnanda por um de 45 anos, 11 anos + velho

não tenho nenhum tesão por garotões. semrpe prefiro aprender do que ter que ensinar...

como sempre, muito bom mesmo seu post...

(ah estou vendo outros modelos procê, por isso não respondi ainda seu email, aqueles que mandei não tem como trocar a cor...)

beijos

17 de outubro de 2008 13:22

Alisson da Hora disse...

Tenho 31, e minhas namoradas, (poucas) a maioria era da minha faixa etária, e outras mais velhas. Sinceramente, ao contrário dos meus amigos, que adoram umas pirralhas, pra mim seria complicado topar com alguém que escuta NXZERO e acha que o que eu ouço é "velharia" (The Cure incluso)...

ótimo, adorei o post!

17 de outubro de 2008 14:31

layla disse...

Renata

esta ai seu novo template... espero que tenha ficado ao seu gosto...

para se logar agora é so clicar no logotipo do blogger...

beijos e um lindo domingo!

19 de outubro de 2008 01:14

Postar um comentário