Sentada em sua cadeira, ouvia as vozes que vinham da sala, o som abafado da tv era hipnótico, não prestava atenção no que estava passando, só ficava ali, sentada.
Vendo a vida passar.

A muito desistira de tentar entender o porque das coisas, e sentia uma certa tranquilidade estranha ao pensar nisso.

As vozes em sua cabeça eram cada vez mais freqüentes, elas insistiam em lhe dizer coisas que não queria ouvir, mas sabia, eram as certas.

Parecia que o tempo escorria por suas mãos, como areia em uma ampulheta, e isso a assustava.

De onde vinha a força, a força para continuar. Não sabia.

A vida brotava de seus poros, e tinha consciência que nada nem ninguém, poderia mudar isso.

Não tinha medo do incerto, do novo, de tentar e falhar.
Isso não.

Era muito, para tão pouco. E o tão pouco ja não era mais suficiente.

 
 
 
 

Postar um comentário 8 comentários:

Alisson da Hora disse...

Nada é suficiente o bastante.

beijo grande...

16 de novembro de 2008 21:20

lis disse...

sentimento igual, nada impede se seguir, mesmo que pareça nada...

Beijos e boa semana!

16 de novembro de 2008 23:31

Sun(shine) , «3 disse...

"só ficava ali, sentada.
Vendo a vida passar."

Bem, este teu texto sou toda eu..
E gostei, ainda assim :)


Obrigada por la passares,
um beijo e tas linkada tambem *

17 de novembro de 2008 12:06

Poesias e Canções disse...

Conheci-a através do comentário no blog de minha amiga sun(shine);
delicada és e a maneira suave com que escreves singela e doce...
enquanto ficamos sentadas e vemos a vida como tu vês,não estamos estagnadas ,é como se viajássemos no "tal" tapete mágico das estórias e contos;e fÔssemos a lugares inemagináveis;como se nossa percepção fosse aguçada,tudo se calasse em nós para ouvirmos a única voz que importa a voz do amor;do amor de deus!
Um beijo querida!
a propósito ,sou do Brasil- R.J

17 de novembro de 2008 13:31

D.Ramírez disse...

a vida é meio que como um filme na tv..acho que vc inconscientemente traduziu isso..rs
Gostei!
Besitos

17 de novembro de 2008 13:42

Melsavinon disse...

Guria tu ta cada vez melhor!!!!
Gosto de te ler assim com essa força com que escreves!!!
Tudo de bom!

17 de novembro de 2008 17:47

Marcos Campos disse...

Olá Renata...
Mais um belo testo...profundo, que faz a gente pensar...
Gostei
Beijo

17 de novembro de 2008 19:33

tossan disse...

Vim apreciar a sua postagem, e me deparo com mais um lindo texto para refletir. Bj

18 de novembro de 2008 11:15

Postar um comentário