E ela olhou, pegou, cheirou e sentiu.


Percebeu que era tudo falso. Como um boneco em uma vitrine.


Colocou tudo em uma caixa, fechou e foi embora, sem olhar para trás.




* Aquilo que muitas vezes é colorido ao coração é cinza aos olhos.



 
 
 
 

Postar um comentário 16 comentários:

Sun disse...

"Aquilo que muitas vezes é colorido ao coração é cinza aos olhos."

E qual deles vê bem? Qual dos dois é o menos cego?

Enfim...
Beijo paixão.

28 de junho de 2009 22:06

Aline Dias disse...

Eu queria ter escrito esse texto em algum momento bem próximo.
Bejos Renata!
cuida-te!

28 de junho de 2009 23:15

Aline Dias disse...

totalmente inspirado: Eu não te contei, mas naquele dia enquanto estavas no banho eu deitei na tua cama, abracei teu travesseiro e inspirei fundo teu cheiro, naquele momento eu já sabia que seria o fim. Não restou mais nada, não quero as lembranças, nem as boas nem as más; ficou apenas o cheiro, pois todo o resto foi falso.

Obrigada! :õ)

28 de junho de 2009 23:22

Érica disse...

Eu queria arranacar de mim meu coração, não o que bombeia meu sangue e me faz viver, mas o que atropela meus sonhos, me angustia a alma e me faz querer o que não é pra ser. O que é de todo mundo não é pra mim...
Eita que eu to com um desgosto enorme. rsrsrs...
Beijos linda.

29 de junho de 2009 07:00

Bia Maia disse...

Renata, minha querida...

Até parei aqui...respirei fundo antes de lhe escrever...

Só vale, se for VERDADEIRO...

Estou farta de meias-verdades...de frestas... de semi-deuses...de temperatura Morna...

"Seja QUENTE ou seja FRIO...pois se for MORNO, eu te VOMITO..."

"Não deixe portas entreabertas...
Por elas só entram semi-ventos, meias verdades, e muita insensatez..."

"Tudo o que eu vivi, foi PROFUNDAMENTE..."


Nunca... mas nunca mesmo, podemos renunciar a nós mesmos.... é essa nossa diferença ...


beijos em seu coração...DE VERDADE...

Bia

29 de junho de 2009 18:08

Lis disse...

É! Tô achando a vibração anda a mesma, :=)

O quê é verdade, o quê é mentira?

Tudo meio cinza...

Ótimo!
Beijosss

29 de junho de 2009 20:59

Bia Maia disse...

"Apaixonadamente inconstante, parecia muitas, no meio de poucas que perto dela...
Eram nada.
Era essa sua diferença."


Faço das suas, as minhas palavras...


Beijos,

Biazinha

29 de junho de 2009 22:23

Érica disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

30 de junho de 2009 11:37

Érica disse...

Renata, amo seus comentários, me deixa muito feliz... Sinto tua sinceridade.
Também adoro suas escritas, elas me inspiram muito, tocam meu coração, foi um achado te encontrar. És sempre muuuuito bem vinda viu?
Beijos querida.

30 de junho de 2009 11:38

Marcos Campos disse...

Oi Renata!!
As vezes temos que olhar, cheirar e sentir mesmo, mas isso não é garantia que de não nos enganaremos...
Beijos!!

30 de junho de 2009 12:58

Flávio Gabriel disse...

mesmo usando os 5 sentidos, nessas horas, insistimos em só sentir o que queremos sentir! O lado bom disso? inspiração para dividir com teus leitores.



Beijos musa incentivadora! hehehe

1 de julho de 2009 21:22

O empírico disse...

Aceitemos o cinza presente em nossas vidas...

3 de julho de 2009 14:00

Sun disse...

Olha, ela tirou a maçã dali de cima....rsrsrs...agora que reparei !
Estou sentindo no ar que temos que conversar...aquele comentário me levantou sérias suspeitas.....aiaiai...vamos tagarelar prá levantar o nosso astral, amoure ! ;) Que, só por acaso..tá difícil de tirar do chão.rsrs...assim que der te dou uma apitada daquelas ! Ou se me encontrar On e quiser, é só gritar ;)

beijão grande grande**

3 de julho de 2009 20:07

Bia Maia disse...

Re querida...

Lhe desejo um DOCE final de semana...

beijos com carinho,

Biazinh

3 de julho de 2009 21:16

Leo Mandoki, Jr. disse...

não sei se é só um texto poético ficcional..ou se tem alguma dose de real (sempre tem né?!)...comigo...qnd deixo de amar..deixo tudo...memórias de tudo, cheiros, olhares, sons..tudo..Qnd o amor acaba..é partir sem olhar para trás..
um beijo bem grande pq vc merece viu!

5 de julho de 2009 15:48

ARCANO disse...

É tão bom ler você!

5 de julho de 2009 19:03

Postar um comentário