Cansei de noites insônes, dias longos, sorrisos forçados, palavras doces tentando(ou querendo)dizer coisas que não são sinceras.

Chega te tentar achar respostas para tudo,sendo que elas não existem.


Meu coração está vazio,confuso,com raiva... e na realidade eu mesma não faço nada para mudar isso.


Frases feitas não deveriam mais me conquistar,o clichê na realidade, acho que até me atrai, pois acabo sempre no mesmo filme, mesmos finais, mesmos personagens, mudando somente os diálogos, alguns mais fortes,outros mais doces,mas sempre com a mesma despedida fraca e as desculpas de sempre... Foi bom... mas quem sabe...

A merda com isso!


Na verdade... sou um reflexo das minhas escolhas, e nem posso dizer que me arrependo, pois nunca faria isso...

Arrependimentos não são para mim mesmo.


"Se preserve!" Eu ouvi.


Então tá pessoa, me preservarei, de tudo.






 
 
 
 

Postar um comentário 7 comentários:

Érica disse...

Não se arrepender é uma coisa boa. Eu me arrependo, mas também odeio esse sentimento. Inclusive não acho nada pior que ele. Se arrepender é mal demais, é sem remédio, fustiga a alma, deixa a gente preso num passado ruim. Péssimo. Eu sei bem como é. Sinto tua revolta, tenho delas sempre, e tas certa, esse é o melhor caminho. Procura o que te incomoda e chuta pra bem longe de ti. A felicidade é efêmera, ela vem e vai, resta quando ela estiver reinando, aproveitar seu sabor doce e passageiro... Posso estar errada inclusive, mas isso é só opinião. Feliz dia do amigo pra você tbm minha linda.
Beijos

20 de julho de 2009 16:05

Sandrita disse...

O que não mata, ensina. Não sei se torna-nos mais fortes, mas a bem ou a mal, ensina. Cabe-nos utilizar estes ensinamentos a nosso favor, de modo a não sermos pisoteados pela vida.


Um beijo querida.

20 de julho de 2009 16:12

Marcos Campos disse...

Se preserve e seja vc mesma, sem frases feitas e palavras doces e sorrisos para agrdar terceiros...
Quem gosta realmente de vc, vai continuar gostando do jeito que vc é!!
Beijo!

20 de julho de 2009 21:35

Lis disse...

Ih!! Difícil falar alguma coisa que não seja uma frase feita, um clichê a mais!

Mas sabe o quê? Nessas histórias da vida - sem conselho, só compartilhar experiência - aprendi que a gente não aprende é nada. Fazemos as escolhas, às vezes sabemos o lugar que vai dar e... fazemos!

A única coisa mesmo que eu não faço mais é me arrepender...Ah, e se acabou, "esgoto" tudo e bola pra frente...tem outro acerto e outro erro para cometer lá adiante...:=)

Eu lembrei agora de uma música do Chico (com Djavan, acho):

quis saber o quê o desejo, de onde ele vem...fui até o centro da terra e é mais além...procurei uma saída, o amor amor não tem...esgotar o apetite, todo apetite do coração...

Te cuida!

Beijosssss

20 de julho de 2009 21:46

Tata disse...

Oi Re,

Se preserve, seja vc, respeite seus preceitos e vontades!
Seja sempre vc!!!


bjinos

20 de julho de 2009 21:53

Fabio disse...

Concordo e respeito tudo o que escreveu, e que os outros escreveram tb. Mas faço uma pergunta:
- O que é se preservar?
É deixar de fazer o que se quer? por um medo de se quebrar?
É fazer o que se quer indo mais devagar do que o coração manda?
O que é se preservar? Eu não consigo isso, não mais, não nesses moldes que coloquei. Prefiro me quebrar acreditando no que meu coração diz, mas com uma infeliz felicidade de ser coerente comigo mesmo a deixar de fazer o que me faz feliz por quaisquer que sejam os motivos.
Ser feliz é tudo o que se quer já dizia aquela música do Klaiton e Kledir, e sofrer faz parte da vida.
Nem tudo o que fazemos nos ensina algo, pois existem coisas a que não temos o controle, mas o que não se pode é "se preservar" e se tornar uma pessoa sem emoções.
Grande Rei Roberto: "São tantas emoções".
Escrevi um monte de coisa que pode não ter sentido pra muita gente, mas tu sabe bem do que eu falo. E acho que lá no fundinho tu concorda comigo não?
Se cuida, isso sim, se preserva? tu é quem sabe.
Beijos

20 de julho de 2009 22:16

Sandrita disse...

Não pude deixar de responder....
Se preservar não é deixarmos de fazer aquilo que queremos. É fazer o que se deseja, mas com cautela. É aprender com os erros do passado, aplicando os ensinamentos que adquirimos com o passar do tempo.
Se preservar aí está no sentido de não se deixar atingir pelos mesmos factores negativos que te atingiram anteriormente. E se for o caso, não voltar a tomar determinadas atitudes. Isso é se preservar ;)


*

beijo amor

21 de julho de 2009 09:58

Postar um comentário