Tarde.
A tarde se arrastava.
Ela não conseguia se concentrar em nada.
Tanta coisa à fazer, e nenhuma vontade. O escritório fervia. Ela cheia de tédio só pensava em uma coisa.
Passou a tarde a olhar sites de pornografia.
Devassa todos diziam.
Tinha um fraco por esse conteúdo. Gostava de ver as posições, como faziam, as bocas, os braços, sabia que muita coisa era falsa e impossível de realizar, mas adorava.
Gostava especialmente dos que pareciam caseiros. Eram os melhores.
Ficava muito excitada, e depois de alguns pequenos vídeos, teve que ir ao banheiro, masturbava-se mais de uma vez ao dia.
Safada, era isso que ela era.
A noite ia demorar a chegar.
Mas sua imaginação já ganhava asas.

 
 
 
 

Postar um comentário 7 comentários:

Sun disse...

A minha imaginação é que está ganhando asas ! Estou aqui saltitante, querendo saber no que vai dar esta história.... :D

beijo amor*

24 de agosto de 2009 16:15

Érica disse...

Menina, super excitante.
Espero que o fim seja assim, fantástico.
Beijo grande!

24 de agosto de 2009 17:53

Alisson da Hora disse...

Nossa...até minha imaginação ganhou asas agora!

eheheheh, super evocativo e com ótimas imagens...

beijoooooo

24 de agosto de 2009 17:59

Tata disse...

Caraca RÊ!!!!

Que caliente!!!! UHUUUULLLL!!!
Mas, sabe, tudo que se parece forçado nesse ramo da pornografia é meio broxante! Pq fica na cara que é forçado artifial...sei lá....
bjinhos

24 de agosto de 2009 22:32

Rosemildo Sales Furtado disse...

Bom, pela manhã já deixou transparecer que não era mulher feita para um homem só, em seguida tomou uma dose do remédio "Masturbeu"
, já pensando qual seria o remédio ou os remédios da noite. Só espero que o final dessa história, não seja uma cama de hospital, isso porque, como dizia Zezé Macedo: "ela só pensa naquilo".

Beijos,

Furtado.

25 de agosto de 2009 22:54

Marcos Campos disse...

Oi Renata!
Gostei muito da manha e da tarde...quem, não muito diferente da protagonista, não teve seus desejos...muito bom!
Beijos

26 de agosto de 2009 13:18

tossan® disse...

Essa é das minhas favoritas viu? Mas só para aparecer de vez em quando. Muito bom o texto em forma de poema! Beijo

27 de agosto de 2009 00:29

Postar um comentário