Cada um tem um jeito.

O jeito certo.

O jeito errado.

O estranho

O casual.

O elegante.

O engraçado.

O sem graça.


O triste.

O melancólico.

O saudosista.

O individualista

O que divide tudo.

O que não divide nada


O sonhador.

O pessimista.

O romântico.

O conquistador.

O egoísta.

O que tudo quer e nada pode...

O que tudo pode ... e nada merece...

O que pensa que pode salvar o mundo.


E o que não pensa. O salva.



Pessoas são diferentes...


Cada uma com suas manias, suas idéias, suas loucuras.


Mas todos somos iguais em uma coisa... queremos uma coisa.

Sermos amados. Compreendidos. Aceitos.


Não por nossas igualdades... mas por sermos quem somos do jeito que somos.


Isso sim, pode nos diferenciar uns dos outros.

Essa é a grande diferença.


 
 
 
 

Postar um comentário 4 comentários:

Rosemildo Sales Furtado disse...

Eis que a menina voltou e voltou muito bem. Voltou com um belo texto, profundo e próprio para reflexão. parabéns!

Beijos e sejas bem-vinda.

Furtado.

27 de setembro de 2010 22:53

Érica disse...

Meninaaa, já estava achando um absurdo essa demora. Tomou vergonha, né? rsrsrs

Cada um com seu cada qual. Adorei.

Beijos

28 de setembro de 2010 10:09

Fabrício disse...

Nossa, dá pra sentir uma angustia (ou algo assim) passeando pela pele...


Abraço

12 de outubro de 2010 15:48

MAILSON FURTADO disse...

Muito bom o post!!!

Parabens,muito bom!!

Conheça meu espaço...
http://mailsonfurtado.blogspot.com

17 de outubro de 2010 10:46

Postar um comentário